segunda-feira, novembro 29, 2010

Porque eu sou agridoce, e você é míope.

    A porta permanece destrancada como sempre esteve. O vento, que ao entrar pela janela faz dançar a cortina branca de bordado, traz consigo o som da liberdade que grita pelo meu nome. É um convite inestimável e quase irrecusável, o de se aventurar nessa manhã de céu anil e cheiro doce. Mas, eu sou agridoce e nada do que está do lado de fora me atrai ou encanta. Eu preciso ficar aqui quietinha, dentro de você, analisando de perto todas as formas que compõe o seu trejeito. O seu coração é a minha biblioteca predileta, e eu opto por me manter afogada em pilhas de papeis, documentos antigos e velhos livros que eu encontrara casualmente. Quem sabe essas páginas, amareladas pelo tempo, não me contam mais sobre você?

    Eu tomei posse desse quartinho, de paredes azuis, que eu descobrira dentro de ti. Aqui, eu possuo o que me fascina: Boas músicas, lindos desenhos, ótimas histórias e o seu incomensurável bom humor... Eu já não ouço o reclamar da liberdade, a qual insistira em ter a minha companhia. Certamente, ela se convencera de que, vivendo assim, eu e você somos mais livres e felizes. Pressuponho que o mundo não me esperará eternamente, no entanto, isso não me é importante. Eu quero o que eu não vejo, só sinto. Por isso admiro tanto a maneira míope como você observa tudo.Você me traz felicidade, eu só lhe peço para não deixar de enxergar os meus inúmeros defeitos. Porque eu sou agridoce, e você é míope.     
 Espero que o fim não anule o início.


  Desculpem-me por não estar postando com tanta frequência. Quanto ao texto, esse é bastante paradoxal para mim... Ao mesmo tempo em que é leve, e me traz boas lembranças, também me soa um tanto tristonho. Espero que tenham gostado. 
  Mil beijos.
(fonte da imagem: abril.com)

  P.s.: Hoje (28.10.10) eu fui indicada pelo Fê Faverani a 2 selos que inclui o "Desafio dos 7". Agradeço pela indicação e carinho, aqui esta o desafio!

21 comentários:

Felipe Faverani disse...

Oi, Ca, tudo bem?
Obrigado pelo selinho também, viu? O que me inspira são os escritores que de alguma forma propuseram novas maneiras de se ver o mundo, de se viver a vida à parte do que a nossa sociedade prega.
Obs: Adorei as suas respostas do desafio.
Grande beijo e ótima semana!

Flá Costa * disse...

menina, eu vou te dizer q não é sempre que a gente encontra um texto desses na blogosfera. Muito pelo contrário, é raríssimo. Adorei a profundidade e ao mesmo tempo a leveza de suas palavras.
Venha mais, poste mais!

Parabéns pelo espaço.

Beijinho

Clara disse...

Que bonito! :) Ser agridoce, ou míope... acho que sou os dois! E é uma bela combinação. Escolher entre a liberdade que grita e a segurança dum coração nem sempre é tarefa fácil, mas estar seguro num 'quartinho azul' é sempre bom.

Bjos no coração!

deh ramos disse...

Caroool, amei esse texto. Principalmente essa frase: "Eu quero o que eu não vejo, só sinto".
Sabe, eu sou míope (rs). As pessoas com essa deficiência tem uma visão meio embaçada do mundo real (e juntando com a distraçao inerente ao meu ser, piora tudo). Isso tem seus lados bons e ruis também. Eu queria mesmo era ser agridoce, rs.

Beijo grande. Nao leve a serio essas considerações bobas. ^^

Au disse...

Carol, sua linda...

Sempre que venho aqui fico impressionado com sua escrita, você consegue trazer uma espécie de mistério em tudo. Eu gosto disso, nunca sei quando você está falando sobre si ou se é algum conto. Como você mesma definiu: Paradoxal. E realmente, o texto mescla lembranças e tristeza, mas acho que esses sentimentos sempre estão juntos...

Obrigado pela indicação ao desafio!
Quando vi fiquei feliz... Provavelmente respondo nesse Final de Semana.
E você pretende ler a bíblia inteira?! Nossa... É preciso muita sabedoria para ler e compreender tudo que tem escrito.


Beijo!!!

Isabelle. disse...

" O seu coração é a minha biblioteca predileta, e eu opto por me manter afogada em pilhas de papeis, documentos antigos e velhos livros que eu encontrara casualmente. Quem sabe essas páginas, amareladas pelo tempo, não me contam mais sobre você?"

Achei isso a coisa mais linda de todas! Seu texto todo é, na verdade, mas essa parte...Maravilhosa!

E muito obrigada pelo desafio, saiba que também tenho um carinho imenso pelo teu blog e te acho linda, mesmo te vendo só nessa fotinho, aí! :)

Elias disse...

Sinto saudades dos teus textos, eles levantam o meu humor.
Tens um talento incalculável, e tens também o dom de me animar.
Continue assim.

Beijo

Ariana disse...

Você escreve cada dia melhor, eu amei esse texto.
Você soube passar todo um sentimento pro texto, de lembranças, amor, tristeza.

Adorei!


Beijos

Ana Martins disse...

Oiii Querida

Obrigada pela visita e por gostado do Pequenas Epifanias, faço cada postagem com muito carinho e fico muito feliz quando ele agrada.
Parabéns pelo seu, dei uma olhada rápida e vi que você tem textos próprios, acho isso maravilhoso, não consigo me expressar escrevendo e admiro muito quem consegue.
Vou ler tudo com bastante carinho.
Estarei sempre por aqui!!

Mil beijos

Lyne ' Garotinha disse...

aah' um selinho pra ti no Blog !

parabeins pelo blog

beijos

Alexandre Fernandes disse...

Porque tem uma coisa que completa, mesmo na suposta cegueira, aquilo que impede de que se veja coisas não essenciais e sinta apenas o que faz bem, o que é bom.

Um texto leve sim. Bem sensível.

ps: Obrigado pelo desafio querida. Porém não respondo mais memes naquele blog. De qualquer forma, fico muitíssimo feliz que tenha lembrado de mim.

Um grande beijo!

Vanessa disse...

Lindíssimo!!!! Saudades de passar aqui...

Bjs!

Au disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Au disse...

Carol, estando atualizado ou não, leio seu post, com a mesma vontade e impressão da primeira vez...
Talvez por ter existido afinidade, amizade e cumplicidade desde as nossas primeiras visitas.

Um beijo enorme e já estou ansioso para seu novo texto!

Tati disse...

Oi Carol,
Muito obrigada pelo recadinho no meu blog..Eu tbm vejo muita graça na diferença, aliás, acho que sem ela seria tudo muito triste, sem graça...
Gostei muito do seu cantinho aqui, esse texto me chamou bastante atenção, escreva mais, viu?
Beijo grande...

Pedro Menuchelli disse...

Gostei demais do seu blog.. É legal a forma com a qual você vê o mundo e todas as coisas à sua volta. Estou seguindo, ok?

Um grande beijo!

Gabriele Santos disse...

eu poderia me resumir a apenas Parabéns, mas creio que isto seria clichê e superficial demais para as suas palavras.
então procurei algo mais para poder escrever e acabei parando na grandeza dos Meus Parabéns.
Você tem o dom e isto é nítido.

Gabriela Lauriano disse...

Caraca,que perfeito.
Eu amei esse texto,é tão profundo.
Amei de verdade,cada palavra que você escreveu.
Parabéns,continue assim sucesso!

http://truthsofaheart.blogspot.com/

Mundinho teen disse...

PARABENS, maravilhoso serio..
http://meuseunossomundinho.blogspot.com/

Gutt e Ariane disse...

Amor, amor... talvez um pouco pretencioso achar que possui isso ou aquilo, mas, há de se relevar, afinal, é o olhar de alguém que ama que foi posto aqui rsrs

Isabelle. disse...

Saudade dos seus posts, linda!
Seus comentários no meu blog me deixam tão feliz, sabia? São os mais lindos, assim como você :)