segunda-feira, junho 14, 2010

"Não se pede, não se compra e nem se vende!"


    Eu nunca sonhei em tê-los. Eu nunca pedi para que estivessem incessantemente ao meu lado, como o fizeram. E todas as vezes que estiveram comigo, foi sem que eu houvesse solicitado. Eu poderia chamá-los de tolos, ou até mesmo de invasores; Pois entraram em minha vida tão abruptamente, e sem a minha permissão. Mas como eu poderia fugir ou negar algo tão essencial, que faz com que eu me sinta tão bem e tão viva?
 Droga. Droga e droga! Mil vezes droga!
 Talvez vocês sejam a minha droga.
E eu me sinto em abstinência. A abstinência é algo tão absurdo, tão indescritível. É como se o mundo estivesse parado; ou esteja mudando tão rápido, que meus olhos não conseguem acompanhar. Abstinência de todas as vezes que, inconscientemente, vocês me tornaram a pessoa mais feliz do mundo, a mais protegida. E o único mal que me causam é saudade. As vezes, sinto vontade de sair correndo por ai, pegar um rumo qualquer; e só acreditar que no fim de uma estrada, em algum lugar, eu encontrarei vocês; os mesmos de sempre, dispostos a me darem um abraço e um sorriso.
 Prefiro, então, não chamá-los de tolos ou invasores, mas sim de : meus AMIGOS!
                                                                         
                                                                                             O8 de Junho de 2O1O
   Para os meus amigos queridos.
                             Carol.

5 comentários:

viviane disse...

Minha linda, amiga que tanto amo!!! Há pessoas que ao passar por nossas vidas são tão insignificante, que não notamos a sua presença. Mas há aquelas que são ousados, e com sua ousadia conquistam-nos, a ponto de nos tornarmos dependentes delas. Dependentes, literalmente,dependentes, são como drogas, assim como você disse, passamos a ter a necessidade de estar com elas, de penssar nelas, de conversar com elas, ... E essas pessoas são vhamadas de amigas que com o passar dos dias, dos ANOS, elas se tornan parte da gente e de amigas passam a ser irmãs... TE AMOO

Caroline Araújo disse...

*-* Irmã, eu também te amo muito.
E estou com saudades.

paulo disse...

amigo é droga para se guardar...
:)

omailsom disse...

Carol.. poor mais longe q esteje, eu seei q voh te ver novamente, e saber q o seu abraço eh diferente de qualquer outro, sua amizade eh diferente de qualquer outra, eh oq me ajuda a suportar a saudade q sinto de vc. nuum te vejo como minha amiga a um tempinho, te vejo como uma irmã mais nova, porém mais valiosa q qualquer coisa nesse mundo.A SUA AMIZADE NÂO TEM PREÇO PRA MIM, TE AMO³.

Caroline Araújo disse...

E o que se faz quando a saudade não cabe mais no peito, e todas as tentativas de seguir em frente são inúteis? Acho que se faz o que eu tenho feito durante todo esse tempo. E o que me mantém de pé é saber que contrariando o destino, a saudade, e tudo que tem me mantido distante, vocês sempre serão parte de mim.
"Y mientras más te añoro, más profundo dentro de mi estás"